FICÇÃO E REALIDADE
A Construção do Cotidiano na Telenovela

Maria Lourdes Motter
ISBN 85-98175-01-3

14x21cm
180 páginas

R$ 45,00

Compre seu livro sem sair de casa - clique aqui

APRESENTAÇÃO
A presente obra é o resultado do estudo das relações cotidiano real/cotidiano ficcional no universo da telenovela. Tem como ponto de partida os conceitos sociológicos de vida cotidiana e as discussões teóricas sobre as relações entre vida cotidiana e televisão. A partir desses elementos norteadores, verifica a construção do cotidiano na telenovela, seus modos de vinculação com a realidade cotidiana social, mostrando a telenovela brasileira como espaço dialógico entre ficção e realidade, onde a construção do cotidiano representado incorpora os temas da realidade concreta para discuti-los, dar-lhes centralidade e colocá-los na ordem do dia das discussões da sociedade. Constata que desse modo, a telenovela vem como pauta para a mídia, alimentando as conversas informais da vida cotidiana, propondo debates que ultrapassam as esferas convencionais de audiência e que, de certo modo, restituem ao cidadão comum a possibilidade de opinar sobre questões de interesse coletivo. Enquanto o telejornal se mantém como espaço do relato informativo, como síntese de acontecimentos, rápido e perecível, a telenovela - produto ficcional de longa duração - vai se assumindo, pelo fazer específico de certos autores, em espelho que reflete e refrata a realidade na dinâmica de seu movimento, graças mesmo ao aparente descompromisso que a caracteriza enquanto gênero. A reiteração temática que se processa nos meios de comunicação, e que se origina na telenovela, ultrapassa a audiência desse gênero e a projeta no cotidiano da sociedade como um todo, interferindo na vida de cada cidadão, independentemente de se admitir ou de se perceber essa intromissão do real ficcionalizado na realidade.

CONTEÚDO
O livro abre com uma introdução geral da importância da televisão na formação do cotidiano e da compreensão teórica da vida cotidiana, de um comparativo dos gêneros jornalísticos e da telenovela e de como ela constrói o cotidiano.
Na segunda parte são analisadas as telenovelas A próxima vítima, Explode coração, O rei do gado, Fim do mundo, A indomada, Por amor e Torre de Babel, sob o ponto de vista das questões de interesse social que elas abordaram, incluindo o comentário crítico, apresentação, ficha técnica e índices de audiência.
Na terceira parte analisa a mídia pautada pelas telenovelas e o contraponto entre a ficção e a realidade para depois, nas considerações finais situar a telenovela na Indústria Cultural e traçar comparativos entre a cenografia temática e a realidade e o cotidiano ficcional do concreto.

DO EDITOR
Este livro de Motter é resultado de três anos de pesquisa e de levantamento de dados das telenovelas A próxima vítima, Explode coração, O rei do gado, Fim do mundo, A indomada, Por amor e Torre de Babel, e de suas influências no cotidiano das pessoas e do Brasil, do porque da escolha dos temas e da realidade vivida neste período. Começando por situar o leitor nas várias leituras que os gêneros televisivos fornecem do cotidiano e de como o mesmo é influenciado pela telenovela e o jornalismo, a autora se prende a algumas novelas de real significância e de como elas tratam os problemas do dia a dia, informando e influenciando o telespectador.
A tênue linha entre o real e o ficcional é demonstrada em todos os seus aspectos, fazendo o leitor repensar os seus conceitos sobre a inocência da telenovela.
Trata-se de um livro que não se destina somente aos estudiosos da comunicação e da ficção televisiva, das suas técnicas e teorias, graças a estrutura montada pela autora, passa a ser um livro de leitura geral, onde o leitor tem a oportunidade de enxergar todo o processo dialógico entre a ficção e a realidade e de como os temas cotidianos são tratados e expostos ao público, quer por interesses sócio-culturais quanto interesses político-econômicos.

AUTORA
Maria Lourdes Motter é Professora Doutora e Livre-Docente do curso de Pós-Graduação do Departamento de Comunicações e Artes – ECA/USP e Coordenadora Geral do Núcleo de Pesquisa de Telenovela da ECA/USP, Maria Lourdes Motter é uma autoridade na análise da Ficção e da Realidade na construção do cotidiano pela televisão, da telenovela ao jornalismo, autora de diversas publicações é constantemente assediada para entrevistas e depoimentos pelos principais meios de comunicação de São Paulo e do Brasil, entre elas Globo, Gazeta, Folha de São Paulo, Jornal do Brasil, Rádio CBN, O Estado de São Paulo, Correio Brasiliense, etc.
Atualmente, além de ser responsável dar aulas na pós-graduação da ECA/USP, coordena o Núcleo de Pesquisas de Ficção Televisiva Seriada da Intercom e o Núcleo de Pesquisas de Telenovela – NPTN – ECA/USP, é pesquisadora da comunicação e ficção televisiva e do NUPEN/COMPOS - Pesquisa Nacional sobre os egressos dos cursos de Pós-Graduação em Comunicação no Brasil. – USP/CNPq.